Header Ads

Mulher morta em Milagres teve roupas rasgadas pelo ex e denunciou à polícia um dia antes de morrer


A funcionária de uma ótica, assassinada enquanto trabalhava, nesta terça-feira (10), no Centro de Milagres, no Cariri, teve as roupas rasgadas pelo ex-companheiro, principal suspeito do crime, um dia antes de morrer. A vítima fez um vídeo mostrando a situação. Após o caso, ela procurou a polícia para denunciar o homem. O suspeito está foragido.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS) informou que uma medida protetiva contra o suspeito foi solicitada à Justiça, porém, não foi expedida a tempo. O assassinato ocorreu na manhã desta terça-feira (10). De acordo com a Polícia Militar do Ceará (PMCE), Hélio Adelino da Silva chegou ao local em um carro, entrou na ótica e atirou contra a ex-namorada.


Cícera Samires dos Santos Souza ficou caída dentro da loja. Populares que estavam no entorno do estabelecimento ouviram os disparos de arma de fogo e viram quando o suspeito fugiu do local no carro. 

Uma ambulância foi acionada para socorrer a mulher. A vítima chegou a ser levada para uma unidade hospitalar, porém, não resistiu aos ferimentos. 

Segundo a polícia, Hélio Adelino estava em um veículo branco, localizado por volta das 11h50, após o crime, abandonado na zona rural do município.

(Fonte: Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.