Header Ads

Renovação da Câmara do Crato traz uma reflexão sobre as velhas posturas e escolhas. Presidência deverá ser o novo alvo dos vereadores eleitos


Em uma eleição acirrada para o cargo de vereador na Câmara Municipal do Crato, a mudança foi de praticamente 70%, onde indica que apenas 06 vereadores conseguiram a sua reeleição: Pedro Lobo - PT; Fenando Brasil - PP; Florisval Coriolano - PRTB; Tiago Esmeraldo - PP; Nando Bezerra - PROS; e  Adil - PDT. Esses foram os parlamentares que conseguiram suas respectivas reeleições. 

Vale salientar que outros vereadores não concorreram as eleições por vários motivos: Guri - PV; Dr. Renan - PEN; Pedro Alagoano - PSD; Tico da Serrinha - PSC; Bebeto Anastácio - PTC; e Lunga - PSD. 

Um fato curioso foi a eleição do vereador do Crato, Lunga, que foi eleito em Juazeiro do Norte pelo PSD e deverá assumir a partir de 01 de janeiro a cadeira do legislativo da terra de Padre Cicero. Uma questão que muitos querem enfatizar é a necessidade de rodízio na Casa Legislativa, tanto em sua composição como na sua presidência. Passada a eleição, agora a corrida é pela presidência da Câmara. 

E a preferência da opinião popular é que haja uma renovação, o que é natural e normal. Para muitos formadores de opinião a perpetuação da presidência que já teve por vários mandatos o vereador Florisval Coriolano - PRTB estando à frente, é vista como negativa para aquela Casa. 

Alguns nomes já são comentados nos bastidores e um deles é o do vereador Pedro Lobo - PT. 

Eleitos em Crato por partido: 

PT
Pedro Lobo, Tancredo, Lourdes de Carlim. 

PDT
Matheus Leite, Luis Carlos Saraiva e Adil.

PSB
Dr. Dudé, Alex Saraiva e Thiago Gomes.

PP
Tiago Esmeraldo e Fernando Brasil.

PROS
Nando Bezerra e Gabriel Figueiredo

MDB:
Marquim do Povão e Marcondes da Vila

PMN
Junior Cachoeira e Mariângela Bandeira

PRTB
Florisval Coriolano

PSL
Nonato

(Blog do Fábio Lemos)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.