Header Ads

Ceará tem alta de 6,1% da produção industrial em outubro e recupera patamar pré-pandemia


O Ceará registrou evolução da produção industrial no mês de outubro e recuperou o patamar pré-pandemia segundo dados da Pesquisa Industrial Mensal (PIM-Regional), divulgada nesta quarta-feira (9) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na comparação com outubro de 2019, o estado registrou alta de 6,1%, o terceiro maior desempenho do país. 

O Ceará foi superado apenas por Santa Catarina (7,6%), e Pernambuco (7,2%). Amazonas (5,2%), Pará (4,9%), Paraná (4,8%), Rio Grande do Sul (2,6%), São Paulo (2,1%) e Minas Gerais (1,4%) completam a lista de locais com crescimento na produção. 

Além do Ceará, outros estados conseguiram recuperar o patamar pré-pandemia: Amazonas, Santa Catarina, São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Pará e Rio Grande do Sul. 

Já Mato Grosso (-11,7%) e Goiás (-9,6%) apontaram as maiores quedas. Espírito Santo (-7,6%), Bahia (-6,5%), Rio de Janeiro (-5,6%) e Região Nordeste (-0,2%) também apresentaram queda na comparação anual. 

Evolução mensal
Entre outubro e setembro, a evolução da produção industrial no Ceará teve uma leve alta, de 0,5%, ficando abaixo do resultado da média nacional, que teve evolução de 1,1%. 

Na comparação com outros estados do Nordeste analisados pelo IBGE, o Ceará ficou atrás apenas de Pernambuco, que registrou incremento de 2,9% na produção industrial. Já a Bahia teve uma leve queda, de 0,1%. 

Com os resultados, o Nordeste ficou com uma média de 1,7%, superando o resultado do país.

(Fonte: G1 CE)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.