Header Ads

Emoção e homenagens marcam o sepultamento de Normando Sóracles neste sábado (26), em Juazeiro do Norte

FOTO: Guto Vital

Na manhã deste sábado (26), familiares, amigos, colegas de profissão e fãs se despediram do radialista, empresário e líder político, Normando Sóracles. O fundador do Site Miséria faleceu na tarde da última sexta-feira (25), em decorrência de complicações ligadas à Covid-19, doença contra a qual lutava há quase um mês. 

A despedida começou cedo. Por volta das 7h, centenas de pessoas se reuniram na praça da La Favorita, de onde partiram em cortejo pelas principais ruas de Juazeiro do Norte, em direção ao Cemitério Parque Anjo da Guarda. Carros, motos, vans e um helicóptero atravessaram a cidade que Normando adotou como sua. Nas calçadas, a população que se acostumou ao olhar atento e sagaz do comunicador, acenava em silêncio. 

O ponto alto do cortejo ocorreu em frente à casa que Normando Sóracles vivia com sua esposa, Adriana Russo, e onde criou os dois filhos, Daniel Gonçalves e Lívia Romana. Foi também nessa casa em que viveu grandes momentos com sua neta, Maria Eliza, e mudou a história do jornalismo caririense. Em um discurso emocionado, Daniel lembrou o legado do pai e se comprometeu a manter as portas abertas para todos aqueles que precisarem de ajuda. Assista:


No cemitério, mais homenagens foram prestadas a Normando Sóracles. O comunicador foi lembrado pelos anos contribuição extraordinária para o crescimento da região do Cariri e, em especial, de Juazeiro do Norte. Também foi lembrado por ser um pai exemplar, um companheiro presente, uma forte liderança política e um visionário. Normando sonhou alto, abraçou todas as causas do mundo e viveu intensamente. 

O sepultamento aconteceu ao som de My Way, música interpretada pelo cantor Frank Sinatra. De acordo com Lívia, Normando dizia que essa era a música de sua vida e queria que fosse tocada em seu velório. É com o coração partido que a Redação do Site Miséria narra o fechar das cortinas do último grande ato de seu fundador. Normando nos ensinou tudo e, só de teimosia, viverá para sempre em cada um de nós. 

(Fonte: Site Miséria)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.