Header Ads

Homem investigado por morte de mulher no Crato neste domingo (27) é preso pela PM com arma e droga


Um trabalho rápido realizado por equipes da Força Tática (FT) e do Comando de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) da Polícia Militar (PM) resultou na captura de um homem em posse de uma arma de fogo e de drogas na cidade de Crato. A prisão se deu na tarde desta segunda-feira (28). O homem também é suspeito de envolvimento em um homicídio ocorrido nesse domingo (27). 

As diligências iniciaram logo após os policiais militares tomarem conhecimento acerca da localização de um homem suspeito de envolvimento em um homicídio ocorrido no município. Conforme os levantamentos iniciais, indivíduos teriam chegado ao bairro Gizelia Pinheiro (Batateiras) e efetuado disparos de arma de fogo contra a vítima.


Durante a ação criminosa, o alvo tentou fugir e se esconder em uma residência, mas foi alvejado junto com a proprietária do local. As vítimas foram socorridas para uma unidade hospitalar, mas Antônia Iolanda Bacurau do Nascimento (50) não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. 

Durante as buscas, Jardeu Nogueira da Silva (21), com antecedentes por receptação, foi encontrado em uma residência do bairro Vila Lobo. No imóvel, uma arma de fogo e 19 gramas de maconha foram apreendidas. Diante disso, Jardeu foi conduzido para a Delegacia Regional de Crato da Polícia Civil, onde após prestar esclarecimentos sobre o fato, foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e por posse de drogas.

Outro homem também suspeito de envolvimento na morte de Iolanda se apresentou na unidade policial e foi ouvido. Ele foi liberado por não haver indícios que embasassem o flagrante. Agora, a Polícia Civil realiza oitivas com o intuito de elucidar o homicídio. 

Denúncias 
A população pode contribuir com as investigações repassando informações que ajudem na localização dos suspeitos. As denúncias podem ser feitas pelo número (88) 3102-1285, da Delegacia Regional do Crato, que também disponibiliza o mesmo número como WhatsApp. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.