Header Ads

Operação da SAP visita 7,7 mil presos monitorados por tornozeleiras no Ceará


A operação "Braço Longo da Lei", gerenciada pela Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), está visitando infratores que cumprem medidas alternativas ao encarceramento por meio de tornozeleiras eletrônicas. De acordo com Mauro Albuquerque, titular da pasta, a meta é visitar 7.760 pessoas que estão nessa situação. 

Iniciada em 2 de dezembro e sem data para acabar, a operação já apreendeu seis internos que violaram os monitoramentos. Ao todo, foram realocados no sistema um interno em Fortaleza, um no Litoral Leste, dois no Centro-Sul, um no Cariri e um em Sobral. Conforme Albuquerque, a maioria estava fora de casa além do horário permitido ou fora da área determinada pela Justiça. 

O secretário ressaltou que a SAP "está fazendo todas essas fiscalizações no Estado todo, em todas as regiões. São equipes especializadas que estão ajudando nessa fiscalização. Temos hoje na faixa de 16 a 20 equipes nas ruas todos os dias". 

De acordo com Albuquerque, apesar da fiscalização, o sistema de monitoramento eletrônico funciona bem. "A fiscalização é bem eficiente, e a gente vai conferir realmente se ele (o infrator) está cumprindo e mostrar que o Estado está presente e fiscalizando. Onde ele estiver a gente acha, não tem problema", pontuou Mauro Albuquerque.                (G1 CE)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.