Header Ads

Quatro regiões de saúde do Ceará têm aumento nos índices de Covid-19; Cariri registra crescimento no número de óbitos


Na 50ª semana epidemiológica, que corresponde aos dias 6 a 12 dezembro, o Ceará registrou aumento de infecções e mortes por Covid-19 em quatro regiões de Saúde, segundo boletim divulgado na noite desta quinta-feira (17) pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesa).

O maior acréscimo ocorreu na Região de Saúde do Cariri, que registrou 18 óbitos no intervalo de sete dias. O número é 38,5% maior que o contabilizado na semana anterior. Por outro lado, a região apresentou queda de 19,9% nos casos ao confirmar 169 infectados. 

Na sequência aparece o Litoral Leste, com 201 novos contaminados pelo SARS-Co-2, que corresponde a uma alta de 36,7%. Não houve mortes no período, segundo o levantamento da Pasta. 

O Sertão Central anotou acréscimo de 15,7% nos diagnósticos positivos de Covid-19. Em uma semana, foram 60 novos casos. A região também não registrou mortes no intervalo. 

A Região Norte do Ceará teve 199 infectados, isto é, 0,7% a mais que nos sete dias que antecederam a 50ª semana. Ocorreram três óbitos, o que resultou em uma baixa de 25%. 

Já na Região de Saúde de Fortaleza foram contabilizados 1.175 casos e 42 óbitos, que correspondem a altas de 0,7% e 16,7%, respectivamente, em relação à semana anterior. 

Juntos, os 184 municípios cearenses anotaram 1.981 casos do novo coronavírus e 63 mortes. Este último indicador tabulou uma redução de 14,9%, enquanto os testes positivos subiram 3,3%. A taxa de mortalidade no Estado passou de 107,7 para 108,9 óbitos por 100 mil habitantes em sete dias, complementa o boletim.

(Fonte: Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.