Header Ads

Caririense que desapareceu no Rio de Janeiro tinha sido atropelado


O mistério sobre o desaparecimento no Rio de Janeiro de um homem natural de Caririaçu e residente em Minas Gerais acabou nesta sexta-feira (29), após uma semana inteira de angustia por parte dos familiares. Jucieux da Silva, que é apelidado por “Cier”, está internado num dos leitos do Hospital Miguel Couto na capital carioca. O mesmo tinha sido atropelado por um veículo na área de Copacabana quando terminou socorrido pelo SAMU e estava inconsciente. 

Na última sexta-feira (22) ele chegou ao Rio de Janeiro numa excursão da empresa Souza Turismo acompanhado da esposa e uma filha. Perto do meio dia o mesmo foi ao banheiro de um estabelecimento na área de Copacabana e desapareceu. Segundo amigos e familiares, usava apenas um calção de banho e um boné estando, portanto, sem a carteira com dinheiro e documentos. Internado no hospital, sem documentos e inconsciente as informações se tornaram difíceis. 

Entretanto, nesta sexta-feira, recobrou os sentidos mesmo que timidamente e disse que tinha feito tratamento no CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) de Nova Serrana (MG), onde trabalha no polo calçadista. O hospital manteve contatos com a unidade de saúde mineira que se encarregou de informar à família sobre a descoberta do paradeiro de Cier. Agora, um parente seu irá ao Rio de Janeiro para trazê-lo por já ter recebido alta hospitalar. 

(Fonte: Site Miséria)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.