Header Ads

Crajubar inicia meta de vacinação contra o coronavírus

FOTO: George Wilson

As cidades do Crajubar iniciaram nesta terça-feira (19), a aplicação do imunizante contra o Sars-Cov-2 (coronavírus), após recebimento das quase 5 mil doses na noite desta segunda-feira (18). A meta é que, inicialmente, uma parcela considerável dos profissionais da saúde sejam vacinados até o final desta semana. Até o momento, o Crato somou a maior quantidade de vacinas aplicadas neste dia. 

Juazeiro do Norte 
Francimones Albuquerque, secretária de Saúde de Juazeiro do Norte, informou durante a solenidade de início da imunização que, até o momento, há uma meta de vacinação para os profissionais da saúde, e que ainda não foi repassada a meta para os idosos e grupos prioritários da primeira fase, pois segundo ela ainda estão em fase de atualização dos dados. Segundo ela, 3.106 doses irão imunizar 34% dos profissionais da saúde no município. Até o momento, 38 foram imunizados. 

Crato 
O Crato imunizou dois profissionais da Saúde nesta manhã, aos pés da Estátua de Nossa Senhora de Fátima. O plano de imunização também se estende para a 34% dos profissionais de saúde, sendo que a Secretaria de Saúde planejou vacinar neste dia cerca de 154 pessoas. A pasta informou que a vacina foi dirigida a diversas unidades de saúde e também abrigos de idosos, tanto na zona urbana quanto em sítios e distritos. O município recebeu pouco mais de mil doses, e foi o que mais aplicou o imunizante até o momento, segundo a prefeitura. 

Barbalha 
A cidade dos verdes canaviais se consagrou como o primeiro município a aplicar a vacina contra Covid-19 no Cariri. Às 6h30 da manhã desta terça, uma enfermeira e uma técnica em enfermagem foram imunizadas no município, recebendo a dose pelo próprio prefeito de Barbalha, o médico Dr. Guilherme Saraiva. O plano de vacinação do município, no entanto, prevê início a partir desta quarta-feira (20). A aplicação desta terça, segundo a prefeitura, foi simbólica, sendo aplicadas apenas duas doses das 845 destinadas a cidade. 

Fases de imunização 
Fase 1 
Profissionais da saúde; Idosos com 60 anos ou mais que vivem em asilos; Idosos com 75 anos ou mais; Indígenas. 

Fase 2 
Idosos de 60 a 74 anos. 

Fase 3 
Pessoas com comorbidades. 

Fase 4 
Profissionais do salvamento; Funcionários do sistema prisional; Pessoas privadas de liberdade; Professores; Policiais.

(Fonte: Site Badalo)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.