Header Ads

Funcionários do Banco do Brasil farão paralisação nesta sexta-feira (29)

Agência Padre Cícero do Banco do Brasil na Avenida Ailton Gomes, em Juazeiro. FOTO: Guto Vital

Funcionários do Banco do Brasil programam uma paralisação nacional nesta sexta-feira (29). O objetivo é a manifestação contra as medidas de restruturação anunciadas pela empresa, que pretende fechar 112 agências e desligar cinco mil funcionários. 

Depois do anúncio do Banco do Brasil, o presidente Jair Bolsonaro cogitou demitir o presidente do banco. A ação foi recuada, porém, depois de um pedido do ministro da Economia, Paulo Guedes. 

De acordo com o Metrópoles, os funcionários do BB decidiram realizar a paralisação na última segunda-feira (25), em assembleia virtual. A greve vai durar 24 horas, durante a sexta-feira. 

Uma das principais críticas dos trabalhadores é a redução salarial de até 40%. “A perspectiva é de revertermos essa desestruturação com fechamento de agências e demissão em massa, principalmente com a evolução da entrada em cena também de atores sociais e políticos em defesa do Banco do Brasil como instituição pública indissociável da vida dos brasileiros e do processo de desenvolvimento do nosso país”, disse ao Metrópoles o presidente do Sindicato dos Bancários de Brasília , Kleytton Morais, que acrescentou que a paralisação vai envolver todos os estados do Brasil. 

A paralisação ainda luta contra a privatização do Banco do Brasil. “Temos como objetivo avisar toda a população que vai ficar desassistida dos serviços bancários, uma vez que vários municípios brasileiros têm apenas a nossa agência em operação. Isso obriga o pequeno agricultor, por exemplo, andar dias e mais dias em busca de uma operação”, completou o presidente. 

(Fonte: Brasil Econômico)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.