Header Ads

Garota de 15 anos morre no Ceará dias após amiga agredi-la com golpes de panela na cabeça


Uma adolescente de 15 anos morreu após ser agredida várias vezes com uma panela na cabeça no município de Mombaça, a 296 quilômetros de Fortaleza. De acordo com a Polícia Civil, uma amiga da vítima se apresentou espontaneamente na delegacia e afirmou ter agredido a garota após um bate-boca. 

A agressão contra Maria Eduarda ocorreu em 1º de janeiro e ele morreu 10 dias depois, em 10 de janeiro. 

Segundo o titular da delegacia responsável pela investigação do caso, Rodrigo Delamary, testemunhas afirmaram que a adolescente foi agredida com vários golpes de panela na cabeça e nas costas. Maria Eduardo sofreu também uma mordida no peito. 

"Ela de fato confessa que chegou a lesionar a vítima. Testemunhas dizem que ela foi espancada e mordida no peito que inclusive arrancou um pedaço do peito da vítima. E também levou pancadas com uma panela na cabeça e nas costas. Certamente essas lesões vêm no laudo pericial", afirmou. 

Ainda conforme o delegado, a vítima estava na residência da amiga quando as duas discutiram por motivo banal e brigaram fisicamente. Após sofrer agressões, Maria Eduarda foi para casa, relatou sentir mal-estar e foi socorrida. 

A agressora identificada como Daiana Rodrigues da Silva, 32 anos, foi indiciada pelo crime de lesão corporal seguida de morte. O caso será remetido à Justiça. 

Trauma cranioencefálico 
A direção do Hospital Municipal de Mombaça, onde a jovem esteve internada, disse ao G1 que a jovem buscou a unidade de saúde por três vezes informando estar com febre. Na terceira vez, ela foi internada com quadro de febre e vômito. 

Ainda no hospital, ela foi questionada sobre se teria acontecido algo, ela relatou por alto que teria sido agredida. Depois de alguns dias, ela foi encaminhada a um hospital de Fortaleza, onde ela morreu com trauma cranioencefálico.

(Fonte: G1 CE)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.