Header Ads

Juazeirenses participam do Caldeirão do Huck em busca de recursos para investir em pesticida feito de restos do pequi

João e Lilian no Caldeirão do Huck. Foto: TV Globo

João Matheus Soares e Lilian Duarte são de Juazeiro do Norte. Ele tem 19 anos e é estudante. Já Lilian é bióloga e sua orientadora no projeto Biopequi, uma alternativa de biopesticida que combate pestes em plantações e feito de forma natural com restos do pequi.

Os dois participaram neste sábado (16), do quadro 'The Wall', exibido no programa Caldeirão do Huck, da TV Globo. "Vejo o 'The Wall' como uma forma de fazer meu projeto crescer e alcançar outras famílias e outras regiões. Não se restringir ao Ceará", comentou João.

Com o objetivo de arrecadar fundos para investir no produto e ajudar pequenos agricultores do Brasil, a dupla falou sobre a inovação no controle de pragas e micro-organismos nas lavouras. 

"Comecei a pesquisa em janeiro de 2019. Tenho uma amiga que é jovem cientista e nas férias queria fazer um projeto científico. Como sou do Ceará, onde tem muito pequi, o escolhi como a base do projeto."

O quadro do programa Caldeirão do Huck pode premiar os participantes com mais de R$ 1,7 milhão. O jogo consiste num desafio de perguntas e respostas. Os participantes jogam em dupla, tendo como desafiante justamente a parede, de onde aparecem as perguntas e de onde caem bolas coloridas. A bola verde acrescenta um valor em dinheiro ao saldo do participante. A bola vermelha desconta e, sim, é capaz de acabar com toda a quantia acumulada.

E infelizmente, a parede não foi generosa com a dupla.

Os dois encerraram a primeira rodada com R$16.635. Lilian foi isolado para responder às perguntas e João ficou responsável pelos acertos na parede.

Na segunda etapa do jogo, a dupla chegou a somar mais de R$ 40 mil, mas algumas bolas vermelhas reduziram o valor acumulado para pouco mais de R$ 25 mil.

Na terceira etapa, a dupla não foi bem e, ao errar as perguntas, as bolas vermelhas zeraram o prêmio. No reencontro com João, Lilian revelou que rasgou o contrato. Infelizmente, os dois saíram sem o prêmio do jogo. Mas o programa presenteou João com o computador para ele seguir com o projeto. 

ASSISTA A PARTICIPAÇÃO DA DUPLA CLICANDO AQUI!

Saiba como apoiar o projeto!
Se você quiser conhecer melhor o trabalho do João e da Lilian e ajudá-los a prosseguir com o biopesticida, siga o projeto Biopequi nas redes sociais e colabore por meio da vaquinha on-line. 

Instagram: @biopequi_ 


(Fonte: Programa Caldeirão do Huck)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.