Header Ads

439 estabelecimentos foram fechados pela fiscalização no fim de semana de carnaval no Ceará

Foto: Tatiana Fortes

As fiscalizações realizadas pela Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), por meio da Vigilância Sanitária, com apoio da Polícia Militar do Ceará (PMCE) fiscalizou 1.387 estabelecimentos no fim de semana do carnaval 2021 em todo o estado. O trabalho das autoridades resultou em dois estabelecimentos interditados, 12 autuados e 439 fechados temporariamente por descumprimento ao decreto, entre 12 e 14 de janeiro. 

Em Fortaleza, a Agência de Fiscalização de Fortaleza (Agefis) realizou 51 fiscalizações, resultando em 13 autuações, 13 notificações e 19 estabelecimentos interditados pelo descumprimento dos decretos municipal e estadual de enfrentamento à Covid-19. 

Além disso, foram apreendidos cinco “paredões” de som. O trabalho da Agefis contou com o apoio da Inspetoria de Proteção Ambiental (Ipam), da Guarda Municipal de Fortaleza (GMFor), da Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) e da Batalhão de Polícia de Meio Ambiente (BPMA). 

Festas clandestinas 
Jane Cris Cunha, técnica da Vigilância Sanitária do Ceará, comentou ainda sobre as festas clandestinas. “A população mais jovem, que é vista frequentando festas clandestinas, eventos que se caracterizam como super disseminadores de Covid-19, pois são ambientes em que as pessoas estão sem usar máscara, em sua grande maioria, e de uma forma aglomerada, é a mesma faixa etária de perfis mais jovens que, no último mês, registrou um aumento de casos da doença”, destaca a técnica. 

“Mesmo assintomática, uma pessoa dentro de um ambiente como esse, pode transmitir a doença, então o ideal é não participar de nenhum tipo de evento como esse”, complementa Janes Cris.

(Fonte: G1 CE)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.