Header Ads

Escola cratense encerra suas atividades, após quase 62 anos

FOTO: Site Gazeta do Cariri

Por Redação Gazeta do Cariri

Neste mês de fevereiro, diversas escolas voltaram às aulas, algumas em ensino híbrido, outras de forma remota, mas uma instituição de ensino com mais de 6 décadas de história encerrou sua trajetória na educação caririense. 

Fundada em 29 de janeiro de 1959, a Escola de Ensino Infantil e Fundamental Professor Natanael Cortez começou suas atividades em uma casa, através da iniciativa do pastor e educador, Natanael Cortez, que era natural de Açu, no Rio Grande do Norte, e desenvolvia trabalhos missionário e educacional pelos sertões do Nordeste. 

Nascido em 12 de janeiro de 1889, o Reverendo Natanael Cortez começou cedo a percorrer o interior nordestino com o objetivo de evangelizar. Durante suas vindas ao Cariri cearense, chegou a conhecer o padre Cícero Romão Batista, e algumas décadas depois, ele decidiu abrir uma escola. 

Juntamente com outros missionários, optaram por iniciar as atividades no bairro Pinto Madeira, mais precisamente na Rua Teopisto Abath, em Crato, até então uma área considerada carente na cidade. 

Professoras foram trazidas de Recife (PE), para começarem os trabalhos, e assim, numa residência simples, mas acolhedora, a instituição começou a receber os primeiros estudantes. 

Pouco tempo depois, Natanael Cortez e os missionários da Igreja Presbiteriana, responsável pela unidade de ensino, conseguem comprar ao senhor José Horácio, um terreno na Rua José Marrocos, dando início a construção de um grande sonho, que era transformar a Escola Professor Natanael Cortez referência em educação de qualidade, com preços acessíveis, além de desenvolver trabalhos sociais, com uma estrutura que atendesse todas as necessidades de forma ampla e confortável. 

A inauguração das novas instalações aconteceu em 4 de agosto de 1963, inclusive com a presença do ex-prefeito Pedro Felício Cavalcanti e várias outras autoridades religiosas e políticas. 

Alguns anos depois Natanael Cortez morre vítima de um câncer na língua. 

A escola que foi construída carregando o seu nome, como forma de homenageá-lo, seguiu em atividade até dezembro de 2020, quando após anos de dificuldade financeira, agravada com a chegada da pandemia de Covid-19, decide encerrar sua longa trajetória de quase 62 anos, deixando para trás uma história de muitas lutas e conquistas, que ficará marcada para sempre na história da região do Cariri.

O site Gazeta do Cariri agradece a senhora Marlene Holanda, uma das coordenadoras da Escola Professor Natanael Cortez, que desde os primeiros anos de funcionamento, esteve colaborando na instituição de ensino e contribuiu para a realização dessa matéria.

Um comentário:

  1. Uma excelente escola, lamento profundamente esse desfecho. Minha filha estudou lá vários anos. Educação de qualidade e muito profissionalismo.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.