Header Ads

Oficina promove discussões entre arte e comunicação, em Crato nesta quinta (25)


A oficina de Cola e lambe: uma alternativa midiática em tempos conservadores tem o intuito de dialogar sobre as problemáticas da nossa sociedade contemporânea e a partir desse diálogo construir colagens que serão transformadas em uma intervenção social, o grito das ruas em forma de papel. 

Como será possível? Transformando a colagem em um lambe, podendo ser colado em qualquer muro de qualquer rua e de qualquer lugar. O intuito é gritar com as imagens. 

Além de ser uma oficina de baixo custo, pois o material da oficina consiste em materiais reutilizáveis como revistas, folhas usadas, livros velhos, tinta e cola (pode ser usada cola velha ou nova), tesoura, o que tiver em casa e a vontade de intervir nas ruas. 

Assim essa oficina se torna inclusiva e abre possibilidades de auto-descoberta dentro do processo de construção. Os trabalhos de produção da artista Ana Lua Pereira Mousinho consistem em falar do corpo cotidiano, da aceitação do corpo como carcaça e do movimento das palavras que estão presas no inconsciente reprimido. 

Abrindo um espaço seguro para uma troca de diálogo que os estudantes achem pertinentes dentro das vivências pessoais. Assim podendo ter uma produção de uma obra que dialoga com outros indivíduos, trazendo uma forma de produzir relacional onde os alunos irão fazer uma relação crítica de uma realidade onde eles estão inseridos. 

Fazer com que as obras possam ser expostas de uma forma orgânica onde irá dialogar com a rua, assim como Escurinho canta “o principio básico é a comunicação” e o grito do indivíduo não está apenas em sua voz, mas também em suas ações. Assim iremos ocupar espaços onde as obras possam conversar com a cidade. 

Esse projeto é de criação e idealização da artista caririense Ana Lua, nascida na cidade do Crato, que irá realizar a sua oficina na próxima quinta-feira, dia 25, por meio da Lei de incentivo Aldir Blanc. 

O projeto é apoiado pela Secretaria Municipal da Cultura, através do fundo municipal da cultura, com recursos provenientes da lei federal n.° 14.017, de junho de 2020. 

SERVIÇO 
Ficha Técnica: Produção e idealização da artista Ana Lua 
Data: 25/02 
Horário: Manhã e Tarde 
Local: Será repassado aos participantes 
Inscrição: Pelo perfil do instagram @um_satelite

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.