Header Ads

Saiba os nomes dos três mortos em Brejo Santo no rompimento da tubulação no açude Atalho

FOTO: Guto Vital

Os corpos das três vítimas fatais no acidente ocasionado com o rompimento de uma tubulação no Açude Atalho em Brejo Santo chegaram pela madrugada na Perícia Forense de Juazeiro do Norte. São do engenheiro mecânico Nivaldo B. Camargo, natural de São Paulo, e dos auxiliares de engenharia Helder Pereira da Silva e Misael Brasil dos Santos, que nasceram em Paulo Afonso (BA). Familiares estão sendo aguardados na Pefoce, onde os corpos serão necropsiados esta manhã. 

Saiu ferido e foi socorrido pelo SAMU para um dos hospitais da região o operário Waldir Fernandes dos Santos. O acidente nas obras de Transposição do Rio São Francisco em Brejo Santo aconteceu por volta das 16h30min desta segunda-feira (08) e, no local, estavam cerca de 20 operários. O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) emitiu nota lamentando as mortes dos três trabalhadores e prometeu dar todo o apoio aos seus familiares. 

Ainda na manhã desta terça-feira estará no Cariri o Secretário Nacional de Segurança Hídrica do Ministério, Sérgio Costa. O Consórcio Operador e técnicos do MDR vão avaliar a situação, investigar as causas do acidente e tomar as medidas necessárias. Porém, o ministério já antecipou que a população próxima não corre riscos reforçando não ter havido rompimento da barragem. Apenas o rompimento de uma tubulação nos testes operacionais no reservatório. 

A nota reforçou que a estrutura da barragem não foi afetada e que não há vazamentos em nenhum dos trechos. O reservatório de Atalho já recebe uma pequena quantidade de águas do Rio São Francisco desde novembro após a solução do problema no rompimento de um conduto na barragem de Jati que aconteceu em agosto.

(Fonte: Site Miséria)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.