Header Ads

Alunos classificados na UFCA em 2020.2 ainda reivindicam efetivação de matrícula; Universidade se pronuncia


Os alunos aprovados no processo do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2020.2, que ocorreu ano passado, ainda não tiveram as matrículas efetivadas na Universidade Federal do Cariri (UFCA). A seleção ocorreu a partir das notas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) de 2019.

Um grupo de 29 aprovados no curso de medicina da Instituição se reuniram para reivindicar as matrículas, segundo eles, após meses sem respostas. “Eu fui uma das aprovadas e tanto eu quanto o pessoal da minha turma tentamos entrar em contato com o núcleo gestor da universidade. Eles não respondem nossos e-mails e não nos passam nenhuma informação sobre quando vão fazer nossas matrículas”, afirma Karla Christina, uma das alunas aprovadas em 2020.2.

Segundo ela, o mesmo ocorre com os aprovados nos demais cursos com turmas abertas para o ingresso no segundo semestre do ano letivo 2020. “A gente já enviou diversos e-mails, já tentamos falar através do Instagram. Eu mesma já fui lá pessoalmente e não obtive respostas”, disse Karla.

Após sete meses de espera desde a chamada do Sisu, ainda não há previsão de data para que o processo seja concluído. No entanto, no início da tarde desta sexta-feira, 19 de março de 2021, a UFCA se pronunciou, pelas redes sociais, sobre o caso. Segundo a Universidade, “não é possível o ingresso, neste momento, de todos os candidatos selecionados sem a conclusão de todas as etapas previstas em edital, inclusive as presenciais, isso porque algumas partes do processo envolvem atividades presenciais”, como, por exemplo, a banca de heteroidentificação de cotas raciais. Nas últimas semanas, o estado vive a suspenção de serviços não essenciais, o lockdown, por esse fato, desde o dia 13 de março não podem funcionar atividades do tipo.

“Apesar de o processo seletivo para ingresso na UFCA estar sendo fortemente impactado pela crise sanitária que assola o planeta atualmente, a Universidade garante o ingresso de todos aqueles selecionados no processo 2020.2 do SiSU/UFCA que atendam os requisitos previstos em edital”, afirmou a nota.

Karla diz que o última pronunciamento da Universidade, feito em setembro de 2020, tinha o mesmo teor, “e só deram um feedback em janeiro que nem esclareceu nosso lado”, afirmou. Outra aluna aprovada no processo, Ana Maria Bernardes, também comentou a situação.

“Obrigada pela resposta, ainda que o teor dela tenha sido bastante passivo-agressivo. Salvar vidas é, de fato, a nossa prioridade no momento, mas também acredito que garantir que os estudantes tenham o mínimo de saúde mental durante esses longos e exaustivos meses de pandemia no nosso país tendo menos uma preocupação, no caso, com o nosso futuro acadêmico, também deveria ser levado em consideração”, afirmou ela sobre os sete meses de incertezas vividos pelos aprovados.

Para o grupo, a resposta de hoje não foi satisfatória e, na verdade, deixou os aprovados com mais dúvidas do que esclarecimentos.

Na nota, a UFCA ainda afirmou que “a Pró-Reitoria de Graduação (Prograd/UFCA), desde julho de 2020, vem mobilizando esforços para concluir todas as etapas pendentes para a matrícula dos classificados no SiSU 2020.2, mas, em razão do aumento da disseminação da Covid-19, da sobrecarga do sistema de saúde e de decretos estaduais, essas etapas não puderam ser concluídas”.

A instituição ainda diz que “atualmente se dedica a traçar novas estratégias para efetivar a matrícula de todos os estudantes selecionados, o mais breve possível, com o objetivo de reduzir o impacto do tempo elástico entre a aprovação no SiSU 2020.2 e a efetivação da matrícula”. Porém, ainda não foram divulgadas projeções de data para tanto.

O período letivo de 2020.1 está sendo vivido no atual momento pelos estudantes já matriculados, e foi prorrogado para ocorrer até agosto deste ano. Portanto, as aulas do grupo de estudantes que reivindica a matrícula foram novamente adiadas e tem nova data para o segundo semestre. “No entanto, a Universidade está avaliando novas alternativas para que não seja necessário aguardar o encerramento desse período letivo para o ingresso dos novos estudantes do curso”, afirmou a nota da UFCA. 

“Existem diversas formas de efetivar as matrículas online pois diversas outras universidades aplicaram esse método. Esse é um problema enfrentado por diversas universidades no Brasil. Porém, Universidades como a própria UECE [Universidade Estadual do Ceará] realizaram o processo de matrícula online e existem outras universidades que estão realizando as práticas também online”, afirmou Kalra. “A ufca fica dizendo que ela está se mobilizando e o tempo vai passando só que nenhuma atitude efetiva é tomada”, disse.

Outra reclamação dos aprovados é o fato de não serem tratados como alunos da instituição, segundo eles. “Nós não temos nem acesso às reuniões que a UFCA faz, outros alunos que passam para a gente alguns informes. Há um desgaste muito grande entre a gente”, afirma. “Tem gente q está com medo de largar os cursos q faziam nas outras universidades e estão se desgastando num EAD [ensino à distância] que não vão aproveitar nem sequer uma cadeira”, disse Karla, preocupada. Segundo ela, outros aprovados se desvincularam das instituições onde estudavam para efetivarem a matrícula na UFCA. “Então a gente está tendo esse desgaste emocional”, concluiu, concordando com a fala da também aprovada Ana Maria.

Leia a nota da UFCA na íntegra:
A respeito de preocupações manifestadas por selecionados no Sistema de Seleção Unificada na Universidade Federal do Cariri (SiSU/UFCA), para o período letivo 2020.2, a instituição vem dirimir algumas dúvidas. 

Apesar de o processo seletivo para ingresso na UFCA estar sendo fortemente impactado pela crise sanitária que assola o planeta atualmente, a Universidade garante o ingresso de todos aqueles selecionados no processo 2020.2 do SiSU/UFCA que atendam os requisitos previstos em edital. 

Para explicar as razões pelas quais não foi concluído o processo de matrícula dos selecionados na edição 2020.2 do SiSU/UFCA, convidamos os interessados a lerem os pontos 9.1, 9.1.3 e 15.1 do edital, cujos termos são aceitos pelo futuro estudante no ato de pré-cadastro. 

Em resumo, o edital, como está publicado atualmente, exige a realização de etapas obrigatoriamente presenciais, como a banca de heteroidentificação. Assim sendo, pelo princípio da isonomia e também da legalidade, que devem reger o processo seletivo (e que, para a UFCA, são particularmente caros), não é possível o ingresso, neste momento, de todos os candidatos selecionados sem a conclusão de todas as etapas previstas em edital, inclusive as presenciais. 

A Pró-Reitoria de Graduação (Prograd/UFCA), desde julho de 2020, vem mobilizando esforços para concluir todas as etapas pendentes para a matrícula dos classificados no SiSU 2020.2, mas, em razão do aumento da disseminação da Covid-19, da sobrecarga do sistema de saúde e de decretos estaduais, essas etapas não puderam ser concluídas. 

A UFCA atualmente se dedica a traçar novas estratégias para efetivar a matrícula de todos os estudantes selecionados, o mais breve possível, com o objetivo de reduzir o impacto do tempo elástico entre a aprovação no SiSU 2020.2 e a efetivação da matrícula. 

Além disso, é fonte de apreensão dos estudantes selecionados para o curso de Medicina o fato de o período de 2020.1 dessa formação, na UFCA, ter sido prorrogado até agosto de 2021. No entanto, a Universidade está avaliando novas alternativas para que não seja necessário aguardar o encerramento desse período letivo para o ingresso dos novos estudantes do curso. 

A UFCA compreende os transtornos causados pelo contexto de incerteza imposto pela pandemia, mas lembra que a missão de preservar vidas deve ser priorizada por toda sociedade, principalmente neste momento de crescimento dos casos de Covid-19. A instituição reitera seu compromisso com a garantia de ingresso dos seus futuros estudantes e segue trabalhando para minimizar os danos que o cenário atual vem causando aos integrantes da comunidade acadêmica.

Fonte: Site Badalo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.