Header Ads

Família diz que hospital em Crato orientou adquirir máquinas de oxigenação por conta própria

FOTO: Site Gazeta do Cariri

Uma família do Crato relatou ter sido orientada por profissionais do Hospital São Francisco (São Camilo) que adquirissem por conta própria equipamentos para auxiliar na respiração de uma paciente internada na unidade. 

"Teria que comprar um BiPAP, que é uma máquina de oxigênio mais potente", afirma Ivany Brito, parente da idosa internada. A paciente está com suspeita de Covid-19, e a família aguarda o resultado do exame que vai confirmar ou descartar a doença. Ela tem dificuldade de respirar e foi encaminhada para um leito de UTI, onde são tratados pacientes em estado mais grave da doença.

Família diz que foi orientada por profissionais de hospital no Ceará a adquirir equipamento de oxigenação por conta própria. Foto: TV Verdes Mares

"Por que é que um paciente grave, com falta de respiração tem que comprar um BiPAP? Ela está internada pelo SUS, então não é admissível comprar oxigênio para receber pacientes vítimas de Covid", reclama a familiar.

A família diz que chegou a alugar esse equipamento e levar para o hospital, mas ele não chegou a ser utilizado.

Hospital cita 'mal-entendido'
Segundo a direção do hospital disse à TV Verdes Mares, ocorreu foi um "mal-entendido" e não houve orientação para que a família adquirisse o equipamento por conta própria.

Segundo eles, o "abastecimento de oxigênio na unidade está normal" e não há falta do insumo. A paciente, conforme o hospital, precisava de um leito de UTI onde seria entubada, mas aguardava uma vaga. A unidade tem 10 leitos de UTI e está com 100% de ocupação.

Ainda segundo a direção do hospital, já apareceu a vaga e ela já está em UTI. O hospital disse ainda que ela precisava de um suporte maior e de uma oxigenoterapia.

Sobre adquirir os equipamentos, conforme a unidade hospitalar, não houve essa orientação. "Quando existe [orientação para adquirir equipamentos], é quando o paciente recebe alta médica, é encaminhado para casa e precisar fazer uso do oxigênio. Nessas situações, a família deve procurar a Secretaria da Saúde", disse o hospital.

(Fonte: G1 CE)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.