Header Ads

Jair Bolsonaro decide tomar vacina contra a Covid-19, diz colunista

Foto: Marcos Corrêa

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) decidiu se vacinar contra a Covid-19. Ele entrará na fila das prioridades que podem receber o imunizante devido à idade — o presidente completa 66 anos no próximo domingo (21). A informação é do jornalista Guilherme Amado, da Revista Época.

O então ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse, nesta segunda-feira (15), que Bolsonaro, por ser do grupo prioritário, poderia ser vacinado até maio.

De acordo com a Secretaria da Saúde do Distrito Federal, a imunização é realizada, neste momento, em idosos com 74 anos ou mais, trabalhadores da saúde das redes pública e privada, pessoas com deficiência institucionalizadas, entre outros grupos prioritários.

Caso seja imunizado, o presidente não será o primeiro da família a receber a vacina contra o novo coronavírus: a mãe dele, Olinda, já recebeu inclusive a segunda dose.

Polêmicas contra vacina
Bolsonaro acumula uma série de polêmicas em relação à vacinação no Brasil e à pandemia de Covid-19. O presidente já afirmou que não compraria o imunizante, disse que "a pressa da vacina não se justifica" e defendeu uso de remédios sem eficácia comprovada contra o novo coronavírus.

No entanto, recentemente, o chefe do Executivo federal chegou a mudar o discurso em prol da vacinação após pronunciamento do ex-presidente Lula e constante aumento do número de mortes em razão da pandemia.

(Fonte: Diário do Nordeste)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.