Header Ads

Ministério destina R$ 500 mi para socorrer turismo do Nordeste; 2,6 mil empresas do Ceará terão direito

Linha de crédito foi lançada em cerimônia hoje, em Fortaleza, com a presença do ministro do Turismo, Gilson Machado (o terceiro na foto) Foto: Fabiane de Paula

Uma das atividades econômicas mais castigadas pelo avanço da pandemia do coronavírus, o turismo no Nordeste passa a contar com um montante de R$ 500 milhões do Fundo Geral do Turismo (Fungetur) para o financiamento de empresas do setor.

Só no Ceará, 2,6 mil empresas estão aptas a tomar esse crédito, de acordo com o presidente da Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur), Carlos Brito.

Segundo o ministro do Turismo, Gilson Machado, a iniciativa deverá dar suporte às empresas durante a crise gerada pela pandemia do novo coronavírus. Um dos focos da medida, afirmou ele, é dar mais fluxo de caixa para os negócios atravessarem os momentos de baixa atividade econômica. 

“Nós estamos mantendo a sobrevivência das empresas, principalmente quanto ao fluxo de caixa”, disse Machado.

O ministro defendeu a importância da criação da linha de financiamento por conta do potencial de desenvolvimento do setor de turismo no Brasil. Durante o evento, Machado comentou que "8% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil está no turismo" e que 7% dos empregos do País foram gerados no setor, mas ele projetou que  "há espaço para isso crescer mais".

RECURSOS
Um requisito para a tomada desse crédito é possuir registro no Cadastur, um cadastro nacional para prestadores de serviços turísticos obrigatórios para meios de hospedagem, agências de turismo, transportadoras turísticas, organizadoras de eventos, parques temáticos, acampamentos turísticos e guias de Turismo microempreendedores individuais.

Os recursos serão destinados às empresas através das linhas de crédito já em operação no Banco do Nordeste. Se o empresário buscar um empréstimo pelo Crediamigo, por exemplo, e apresentar os dados do Cadastur, ela terá acesso a uma parte do montante do Fungetur.

CERIMÔNIA DE LANÇAMENTO
A cerimônia de lançamento deste crédito ocorreu hoje, em Fortaleza, na sede do BNB, e contou com a presença do ministro do Turismo, Gilson Machado, do secretário nacional de Atração de Investimentos, Parcerias e Concessões, Lucas Fiúza, do presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), Manoel Linhares e do presidente do Banco do Nordeste, Romildo Rolim, discutiram o uso do recurso destinado ao Nordeste, norte de Minas Gerais e do Espírito Santo na manhã desta segunda-feira (29).

Os recursos serão operacionalizados na região pelo BNB. Em todo o País, R$ 5 bilhões do fundo estão sendo disponibilizados para fortalecimento das empresas do setor no contexto da pandemia do coronavírus.

O QUE É O FUNGETUR
O Fungetur consiste em um mecanismo de crédito essencial ao fomento do turismo como negócio e estratégia para o desenvolvimento social e econômico.

Por meio da oferta de crédito a empresas direta ou indiretamente ligadas ao turismo, promove a elevação do nível dos serviços prestados ao turista, a expansão das oportunidades de instalação de novos negócios, além da geração de emprego e renda.

Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.