Header Ads

‘Decepção e estranheza’, declara Camilo Santana depois de Anvisa negar importação da Sputnik V

De acordo com o chefe do Executivo Estadual, o próprio Comitê Científico do Nordeste se posicionou favorável ao uso da Sputinik V. FOTO: Kid Júnior

Logo após a Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) ter negado a autorização para importação da Sputnik V pelo Ceará e outros estados, o governador Camilo Santana declarou nas redes sociais que recebeu a notícia com “decepção e estranheza”, já que outros países usam a vacina russa, e com eficácia demonstrada.

De acordo com o chefe do Executivo Estadual, o próprio Comitê Científico do Nordeste se posicionou favorável ao uso da Sputnik V.

Politização

O governador também acentuou que não aceitará jamais “é que haja qualquer tipo de politização desse processo. Isso é absolutamente inaceitável”.

“Continuarei lutando por essa autorização, de forma segura e seguindo todas as regras, para podermos trazer a vacina para nossa população o mais rápido possível, principalmente diante da lentidão do Governo Federal no repasse de vacinas aos estados”, explicou.
Anvisa

A decisão ocorreu em reunião nesta segunda-feira (26), a poucos dias do fim do prazo estipulado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e terminou por volta das 23h.

Todos os diretores votaram contra a autorização, seguindo pareceres das áreas técnicas e também o primeiro voto, do relator Alex Campos.

O principal ponto para a decisão é a falta de documentações comprobatórias da segurança da vacina e possibilidade de falhas na fabricação do produtor.

Os pedidos de importação também foram realizados pelos estados do Acre, Alagoas, Amapá, Bahia, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, Sergipe e Tocantins, além dos municípios de Maricá e Niterói.

Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.