Header Ads

'Está matando nossa família', diz mãe que perdeu os dois filhos com Covid-19 no intervalo de 12 dias em Juazeiro do Norte

Irmãos com Covid-19 morreram em intervalo de 12 dias em Juazeiro do Norte

A caririense Vilma Renata de Souza perdeu em 12 dias os dois filhos, que estavam internados com Covid-19 na cidade de Juazeiro do Norte. Henrique de Souza Ferreira Santos, 35 anos, faleceu no dia 13 de abril. Já a irmã dele, Rebecca de Souza Ferreira Santos, 34 anos, morreu no último domingo (25).

"Que isso sirva de alerta para todo mundo, porque as pessoas estão brincando com isso. Está matando nossa família, nosso mundo está morrendo", disse a mãe, emocionada.

Rebecca e Vilma

Os irmãos estavam na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional do Cariri (HRC). Conforme Vilma, que também foi diagnosticada com a doença, a filha foi a primeira a ser internada, no dia 8 de abril, com 35% dos pulmões comprometidos.

Um dia depois, ocorreu o internamento de Henrique, que estava com 30% dos pulmões comprometidos pelo novo coronavírus. Mesmo com a doença, Vilma teve sintomas leves e não precisou ser internada.

Durante uma das idas ao hospital, Vilma relata que chegou a conversar com a filha. "Eu entrei no hospital, vi minha filha e ela dizia assim: 'mãe, me leva embora, eu não aguento mais, estou toda machucada. Me deixa morrer em casa, que eu não aguento mais ficar machucada aqui não mainha, vendo as pessoas morrerem do meu lado'", lembra a mãe.

Dias depois, os irmãos foram intubados, mas não resistiram às complicações causadas pela Covid-19.

Segundo Vilma, ela chegou a parar de trabalhar no início da pandemia, por medo que os filhos fossem contaminados. A mulher de Henrique também teve Covid, mas apresentou sintomas leves. "Eu precisava trabalhar e fiquei sem trabalhar desde junho do ano passado, justamente para não trazer o vírus para dentro da minha casa", afirma Vilma.

Fonte: G1 CE

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.