Header Ads

Funcionários da Endicon, empresa que presta serviços à Enel Ceará, realizam protesto na sede da empresa em Barbalha

Foto: Toni Sousa

Funcionários da Endicon Engenharia, empresa paraense que presta serviço terceirizado à Enel Ceará, realizaram protesto na sede da Empresa, nesta sexta-feira (23), na avenida Leão Sampaio, em Barbalha.

De acordo com funcionários e lideranças sindicais, cerca de 700 funcionários estariam sendo prejudicados pelo atraso salarial. Segundo os organizadores, a empresa até foi contatada, mas alegou não ter dinheiro para resolver a questão, e que estaria em contato com a sede em Belém.

Um destes funcionários afirma que “a empresa vai marcando data após data, e não cumprindo”. Ainda de acordo com o mesmo, os empregados continuam prestando serviços para garantir a segurança elétrica da população.

Uma greve não é descartada, mas a questão ainda deverá ser debatida. A Polícia Militar esteve no local para dispersar a manifestação para cumprimento do decreto estadual de isolamento social.

A Enel Distribuição Ceará respondeu em nota: 

A Enel Distribuição Ceará informa que se trata de uma paralisação parcial e esclarece, ainda, que não interfere nos processos de pagamento salarial entre as prestadoras de serviços e seus respectivos empregados. A companhia está reforçando junto à parceira que cumpra com suas obrigações trabalhistas bem como do contrato de prestação de serviços. A distribuidora esclarece que a operação da empresa não foi afetada e que segue atendendo normalmente.

Fonte: Site Miséria

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.