Header Ads

Futsal feminino enfrenta desafios em Juazeiro do Norte

Foto: Bebel Matias

Cerca de 12 equipes conduzem, de passe em passe, o amor pelo futsal feminino em Juazeiro do Norte. Para isso, elas driblam o preconceito, cabeceiam a falta de apoio do setor público e chutam para longe a ausência de patrocínio.

A prática do esporte entre as mulheres geralmente ocorre no Ginásio Poliesportivo e na quadra municipal, mas é principalmente nas quadras de escolas que a atividade se desenvolve.

“A prática se limita a ações isoladas das equipes, de maneira amadora, porém com equipes bem organizadas, com pouco ou nenhum incentivo significativo, que possa fortalecer e aumentar o engajamento das mulheres na prática. Muitas vezes sem espaço e recursos adequados”, conta Bebel Matias, atleta e técnica de futsal feminino.

Ela detalha que, nos últimos anos, pouquíssimas competições foram realizadas, apesar de dois torneios já tradicionais no calendário do futsal feminino do Cariri: a Copa 21 de Junho, que comemora o aniversário da cidade do Crato, e o Campeonato Barbalhense.

“Quanto ao poder público, ainda é bem limitado o apoio a essa modalidade”, diz Bebel, acrescentando como os municípios caririenses podem ser parceiros delas. “Através de políticas públicas que possam garantir o direito à prática desportiva ao público em questão, com equipamentos que ofereçam segurança e qualidade”.

Bebel saiu das quadras de colégios da região para se tornar atleta profissional no futsal feminino do Sumov, de Fortaleza, que já foi uma das maiores equipes da modalidade no país. Com a aprovação no curso de Educação Física da Universidade Regional do Cariri (Urca), Bebel adiou a prática profissional do futsal por um tempo.

“Depois fiz teste na equipe do Nacional Gás, onde recebi bolsa de estudo e por lá fiquei uns quatro anos. Ao retornar para Juazeiro do Norte, montei uma equipe de futsal para continuar fazendo o que gosto e também tentar proporcionar a algumas meninas o esporte como uma oportunidade”, complementa. Na equipe, ela participou de competições locais, universitárias, regionais e nacionais, como o Campeonato Cearense de Futsal, Taça Brasil e Jogos Brasileiros Universitários.

Esta oportunidade se concretiza por meio de um projeto que possibilita a prática tanto de futsal como de futebol feminino. A iniciativa resultou em uma equipe de Futsal chamada Juasal, que vai representar a cidade de Juazeiro do Norte em competições da modalidade. O projeto oportuniza a prática do esporte para adolescentes, jovens e adultos, “objetivando desde a inclusão, fazer, à formação e descoberta de talentos”, conclui Bebel.

Fonte: Jornal do Cariri

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.