Header Ads

Idosa de 70 anos é agredida pelo neto, em Orós

Vila de Guassussê, em Orós. Foto: Genivaldo Rufino

Uma agressão de um homem de 25 anos contra a própria avó, de 70 anos, na casa dela em Alto das Flores, no distrito de Guassussê, zona rural de Orós, repercute na região Centro-Sul cearense.  

O fato ocorreu na tarde da última quinta-feira (8). O suspeito de agredir a avó foi preso em flagrante e, segundo a Secretaria de Segurança Pública, teria confessado o crime, na Delegacia Regional de Polícia Civil de Iguatu. Em seguida, foi conduzido para a Cadeia Pública de Orós.    

No momento da agressão, vizinhos denunciaram o fato à Polícia Militar e uma viatura se deslocou da cidade de Orós até a localidade. Na casa da vítima, os agentes abordaram e prenderam o suspeito.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, o suspeito “tem antecedentes criminais por crime de trânsito, foi encontrado dentro do imóvel e apresentava sinais de embriaguez”.

A vítima foi conduzida para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), em Icó, onde recebeu atendimento médico e foi liberada em seguida. As agressões não foram consideradas graves.

NÃO É A PRIMEIRA VEZ  
De acordo com um morador que pediu para não ser identificado “essa não foi a primeira vez que a agressão ocorreu” e que sempre “os parentes pedem para não acionar a polícia”.

O agressor foi autuado em flagrante por lesão corporal dolosa, no âmbito de violência doméstica. O delegado plantonista Liconllin Guedes disse que “o suspeito estava muito embriagado”.

Para o delegado de Polícia Civil de Iguatu, Wesley Alves, “há o agravante porque a vítima é uma pessoa idosa”, explicou “É muito lamentável essa ação criminosa, uma agressão contra uma mulher idosa, uma pessoa indefesa”.

A Secretaria de Segurança Pública optou por não divulgar os nomes da vítima e do suspeito.

Fonte: Diário do Nordeste

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.