Header Ads

Ministro da Casa Civil diz que tomou vacina escondido por orientação do Planalto

Luiz Eduardo Ramos (Foto: Marcos Welber/ASCOM SEGOV-PR)

Em transmissão ao vivo de reunião do Conselho de Saúde Suplementar nesta terça-feira (27), na qual os participantes parecem não ter percebido que a conversa estava sendo divulgada em tempo real, o ministro da Casa Civil de Jair Bolsonaro (sem partido), Luiz Eduardo Ramos, disse que se vacinou contra a Covid-19 escondido por orientação do Planalto.

“Tomei [vacina] escondido, né, porque a orientação era… (inaudível). Como qualquer ser humano, eu quero viver, pô. Se a ciência e a medicina tá (sic) dizendo que é a vacina, né, Guedes, quem sou eu para me contrapor? Estou envolvido pessoalmente, tentando convencer o nosso presidente. Nós não podemos perder o presidente para um vírus . A vida dele, no momento, corre risco, ele tem 65 anos”, afirmou o general Ramos.

Na ocasião, o ministro da Economia, Paulo Guedes, foi informado que a reunião estava sendo gravada, mas pediu para que ela não fosse veiculada. “Só não manda para o ar por favor”, disse, enquanto a transmissão ocorria. Depois que os participantes perceberam que a reunião estava sendo transmitida ao vivo, ela foi encerrada.

Fonte: O Tempo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.