Header Ads

Radialista juazeirense, um dos pioneiros da Rádio Progresso, morre vítima de Covid


O radialista juazeirense João Sobreira Rocha morreu aos 74 anos em consequência de complicações por conta da Covid-19. O óbito foi confirmado por volta das 23 horas desta quinta-feira (22), num dos hospitais de Goiânia (GO), onde estava internado desde que testou positivo para a doença. Ele nasceu em Juazeiro no dia 1º de março de 1947 e era membro da tradicional família Sobreira, uma das primeiras do município. Por aqui, trabalhou nas rádios Progresso e Iracema e na agência da Varig.

Com apenas 20 anos de idade e já demonstrando muito talento para a comunicação, João Sobreira integrou a primeira equipe da Rádio Progresso inaugurada no ano de 1967. Foi a maior audiência da emissora na sua fase inicial com o programa Juventude Brasa e, durante anos, o campeão de cartas enviadas a um programa de rádio em Juazeiro. Era um grande comunicador e locutor carismático que chegou a possuir um dos primeiros fãs clubes na região do Cariri.

Na época, a equipe da Rádio Progresso contava com nomes como Doutor Geraldo, João e Walter Barbosa, Jussier Cunha, Robledo Pontes, Wellington Amorim, José Carlos Pimentel, Roterdan Martins, Wilton Bezerra, Carlúcio Pereira, Luiz de França, Hermano e Manoel Vicente. Depois, passou a trabalhar na Rádio Iracema e foi ainda funcionário da agência Varig em Juazeiro, não recusando o convite que lhe fora feito para gerenciar uma agência da empresa em Goiânia, quando se mudou para Goiás.

Entretanto, o amor por Juazeiro jamais deixou de existir e aqui sempre vinha rever amigos e familiares a exemplo dos primos e também radialistas Álbis Filho e Cícero Roberto Sobreira, além de outros que já faleceram como Aldemir Sobreira, Donizete Sobreira, Alceli Sobreira e a irmã Nely Sobreira, a qual trabalhou na Rádio Educadora de Crato. Além disso, era casado com a irmã do também radialista e empresário João Fernandes, dono da Pramak em Juazeiro.

Em Goiânia, passou em concurso público e se tornou um dos locutores da Rádio Universitária do Ministério da Educação. João Sobreira não escondia a paixão pelos Beatles e, nos últimos anos, apresentava programa com músicas da banda inglesa numa emissora daquela capital. Segundo o radialista Wilton Bezerra, era um homem popular que costumava atender a todos com presteza e bastante alegria. Apesar dos incentivos da família e grande legião de amigos, jamais se interessou em ingressar na política. 

Fonte: Site Miséria

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.