Header Ads

Suspeitos de homicídio em Juazeiro do Norte são presos pela Polícia Civil


Uma ofensiva da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), realizada nas primeiras horas da manhã desta sexta (16), resultou nas prisões de dois homens suspeitos de serem os executores de um homicídio ocorrido em setembro do ano passado, em Juazeiro do Norte. As capturas, realizadas mediante cumprimento de mandados de prisão preventiva, ocorreram nos municípios de Crato e Juazeiro do Norte. Além dos cumprimentos das decisões judiciais, arma, dinheiro e entorpecentes, que estavam na posse de um dos suspeitos, foram apreendidos pelos policiais civis.

Os alvos identificados como Francisco Wellington da Silva, 29 anos, vulgo “Coringa”, que já responde a três procedimentos policiais por crimes como roubo e porte ilegal de arma de fogo; e Lazaro Bezerra, 26 anos, com antecedentes criminais por homicídio e por porte ilegal de arma de fogo, tiveram seus mandados de prisão preventiva por homicídio cumpridos. A dupla é apontada como os executores do crime ocorrido na tarde do dia 2 de setembro do ano passado. Na época do fato, a vítima, um homem de 28 anos, que tinha antecedentes criminais por porte ilegal de arma de fogo, foi morto a tiros em frente a uma residência onde ele residia. O homem morreu no local.

De posse das informações sobre o caso, e com as imagens do crime que subsidiaram as investigações, os agentes de segurança identificaram a participação direta da dupla. Diante disso, a Polícia Civil representou pelas prisões preventivas dos homens, e a decisão foi deferida e cumprida hoje. Francisco Wellington foi capturado no bairro Franciscano, em Juazeiro do Norte. Com ele, os investigadores apreenderam ainda, um revólver calibre 38, munições, uma quantidade de cocaína e maconha, um celular, uma balança de precisão, além de dinheiro em espécie.

Já Lázaro foi preso no bairro São José, no Crato. Deste modo, os homens e o material ilícito encontrado com “Coringa” foram levados ao Núcleo de Homicídios e Proteção à Pessoa (NHPP) da Delegacia Regional de Juazeiro do Norte, onde as decisões judiciais foram cumpridas. “Coringa” foi também autuado em flagrante por tráfico de drogas e por posse irregular de arma de fogo.

Denúncias
A população pode contribuir com as investigações repassando informações que possam auxiliar os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas pelo número 181, o Disque Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), para o (88) 3102-1102, do Núcleo de Homicídios de Juazeiro do Norte, ou para o (88) 98828-9662, que é o WhatsApp do NHPP, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem de áudio, texto e vídeo. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.