Header Ads

Vereadores denunciam abandono das obras do Hospital Geral de Campos Sales


Na última segunda-feira (5), um vídeo denúncia de um parlamentar do Município de Campos Sales começou a circular nas redes sociais. Trata-se da paralisação das obras de reforma e ampliação de atendimento do Hospital Geral da cidade, principal unidade hospitalar do município de pouco mais de 26 mil habitantes.

Em 2016, na então gestão do ex-prefeito Moésio Loiola, a Câmara Municipal de Vereadores da cidade aprovou a doação das instalações do Hospital Geral de Campos Sales para o Governo do Estado do Ceará. Desde então, a reforma segue paralisada e sem previsão formal de retomada e conclusão. A unidade deve voltar para posse do município após conclusão das obras.

De acordo com o vereador Doutor Robson (DEM), um dos denunciantes, ele próprio protocolou, antes do mandato parlamentar, notícia-crime ao Ministério Público do Ceará (MPCE), mas afirma que o órgão não acatou. “Ambas arquivadas. Duas notícias”.

Ainda de acordo com Robson, uma obra de calçamento do entorno da unidade teria levado a população a entender que as obras teriam sido continuadas. “As pessoas viam os operadores trabalhando ali fora na obra e achavam que eram as obras do hospital continuando, mas ali era outra obra, outra licitação”, afirma.

O parlamentar afirma ainda que solicitou à atual administração relatório de transição da gestão de Loiola para o atual prefeito, João Luiz (PDT), mas que não teria sido encaminhado à casa legislativa. “Na minha visão ele se omite no momento em que ele não dá transparência ao povo e aos representantes do povo na forma como ele recebeu o município”.

Outro denunciante é o vereador Cezar Costa (PSD), que destacou à nossa reportagem os saques que vêm sendo feitos na unidade hospitalar. “Campos Sales com duas unidades hospitalares, que foi gasto aí mais de três milhões de reais, abandonadas e saqueadas”.

Cezar afirmou também que não atribui responsabilidade da paralisação à atual gestão, mas ressalta que o atual prefeito “não se manifestou em nada ainda […] eu não vejo ainda omissão até que se defina se o estado realmente recebeu a obra”.

O secretário municipal de Obras e Urbanismo de Campos Sales, Wandeson Costa Guedes, afirmou à nossa reportagem que as providências cabíveis estão sendo tomadas para a continuidade da obra. O prefeito também foi contatado, mas não se posicionou sobre o caso até o fechamento da matéria.

Fonte: Site Miséria

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.