Primeiro vocalista da banda de forró Calcinha Preta, José Aparecido da Silva, de 57 anos, conhecido como Sidney Chuchu, foi encontrado morto dentro de casa, no bairro de Nossa Senhora do Socorro, em Aracaju, Sergipe. O Instituto de Criminalística (IC) foi acionado, mas já encontrou o músico sem vida e com sinais de golpes de faca. O músico integrou a primeira formação da banda, entre 1995 e 1998, participando da gravação de quatro discos.

De acordo com informações do portal A Tarde, vizinhos de Sidney relataram ter ouvido gritos vindo da residência do músico. Atualmente, o artista se apresenta em bares de Aracaju e municípios vizinhos.

Marlus Viana, também ex-vocalista da banda, lamentou a morte do colega. “Eu te levo para onde o sonho mora”, citou o músico, em referência à música “Onde o sonho mora”, sucesso do Calcinha Preta gravado na voz de Sidney. “Vai com Deus, Chuhu. É como você era conhecido entre a gente”, completou, pontuando o nome artístico.

“A notícia da morte nos deixou surpresos. Esperamos em Deus que a justiça seja feita”, destacou postagem atribuída à família de Sidney divulgada no Instagram pelo portal Cearabelha, que divulga informações sobre a banda Calcinha Preta. Também segundo o perfil dedicado ao grupo de forró, Sidney teria tido uma briga com o namorado, o que teria provocado o barulho ouvido pela vizinhança. A imagem de um faca suja de sangue encontrada na casa de Sidney também foi divulgada.

Confira música gravada pelo artista:


Fonte: O Povo

Post a Comment