Um homem de 32 anos foi preso depois de proferir palavras de baixo calão e xingamentos contra uma equipe de policiais militares em Mauriti. O caso ocorreu por volta das 08h00min deste domingo (23 de janeiro de 2022), na Rua Chagas Sampaio, em frente a sede do destacamento PM do município.

De acordo com o registro da ocorrência, o pedreiro Antônio Marcos de Sousa Praça, de 32 anos, residente na Vila Jatobá, em Mauriti, compareceu a unidade policial militar alegando que queria registar um Boletim de Ocorrência, contudo, foi informado pela guarnição militar de serviço que no destacamento PM não se faz registro de ocorrência e sim na Delegacia de Polícia Civil, que atualmente funciona em outro prédio.

Diante da informação, o homem ficou irritado e saiu em seu veículo, um Volkswagen modelo Gol de cor verde, dando "cavalo de pau", retornando em seguida ao quartel da unidade militar, desferindo chutes no portão de entrada e desacatando toda equipe policial com palavras de baixo calão.

A composição policial de serviço ao manter contato com Antônio Marcos, percebeu que ele apresentava sinais de ingestão de bebida alcoólica, por apresentar andar cambaleando e com palavras desordenadas. Assim, os militares solicitaram ao suspeito que realizasse o exame de etilômetro, onde o mesmo aceitou e realizou no posto da Polícia Rodoviária Federal de Milagres, tendo apresentado resultado de 1,04 mg/l, que configura crime de trânsito.

Diante dos fatos, o policiamento fez a condução do acusado para a Delegacia Regional de Polícia Civil de Brejo Santo. Na 21ª DRPC, Antônio Marcos foi autuado pelo crime de trânsito previsto no Artigo 306 do CTB e Artigo 331 do Código Penal Brasileiro.

Fonte: Agência Caririceara

Post a Comment