Header Ads

Médico veta participação de Bolsonaro no debate da TV Globo desta quinta-feira (04)


O candidato participou do debate realizado pela
Rede TV em 17 de agosto. FOTO: Reprodução - Rede TV
O candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) não poderá participar do debate da TV Globo nesta quinta-feira, 4. O responsável pelo veto foi o cirurgião Antônio Macedo, médico que acompanha a saúde do político desde que ele sofreu um ataque à faca, no dia 6 de setembro.

De acordo com informações do portal Uol, o profissional visitou Bolsonaro em casa, no Rio de Janeiro, e afirmou que ele ainda não estaria apto a participar de atividades desgastantes, como um debate televisionado. 

Segundo Macedo, Bolsonaro estava disposto a participar do evento. Entretanto, o candidato aceitou a recomendação e não deve ter agenda durante um período de sete a dez dias. O médico-cirurgião foi chefe da equipe que atendeu o presidenciável no Hospital Albert Sabin, em São Paulo. 

Ele continua acompanhando o tratamento do militar. Bolsonaro retirou curativos e suspendeu uso de antibióticos por indicação médica. 

Após o ataque, Bolsonaro passou por duas cirurgias e não fez atos de campanha durante todo o mês de setembro. Ele teve alta do Hospital Albert Sabin no último sábado, 29. 

O debate deve ser transmitido pela TV Globo e será o último antes das eleições, que ocorrem no domingo, 7. Os brasileiros devem ir às urnas para votar em presidente, governador estadual, dois senadores, deputado estadual e deputado federal.    (O Povo)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.