Flávio Evaldo foi morto a tiros no pátio do posto Yuri do Paredão
em Juazeiro e Renato em Mauriti (Foto: Reprodução)

Dois homicídios foram registrados num curto intervalo de três horas na manhã deste domingo (7 de agosto de 2022), sendo um em Juazeiro do Norte e outro em Mauriti. Por volta das 7 horas, o eletricista Flávio Evaldo Rodrigues, de 42 anos, que residia na Avenida Perimetral (Bairro Cirolandia), em Barbalha, foi morto a tiros no pátio do Posto Yuri do Paredão, no Sítio Gavião, na zona rural de Juazeiro. Segundo testemunhas, a vítima estava sentada no local desde cedo como se à espera de alguém.

Dois homens se aproximaram numa moto Honda Bros e efetuaram os disparos de arma de fogo, causando a morte de Evaldo Rodrigues no pátio do estabelecimento. O celular dele não foi encontrado, tendo sido, provavelmente, levado pela dupla que fugiu em alta velocidade na direção do bairro Aeroporto em Juazeiro.

MAURITI

O tatuador José Renato dos Santos, de 40 anos, foi morto a tiros no próprio estúdio de tatuagem, no galpão público do distrito de Palestina, em Mauriti. O crime ocorreu por volta das 10 horas deste domingo (07).

De acordo com as informações de testemunhas, repassadas ao policiamento que atendeu a ocorrência, dois indivíduos chegaram em uma motocicleta, adentraram ao salão de tatuagem e executaram a vítima com vários tiros, para em seguida, tomarem rumo ao estado da Paraíba.

Segundo a Polícia Militar, José Renato possuía diversas passagens policiais, inclusive por envolvimento com drogas. Atualmente ele era presidiário monitorado por tornozeleira eletrônica. Diligências foram efetuadas pela PM, no intuito de identificar e prender os criminosos, mas sem, contudo obter êxito. A motivação para o homicídio ainda é desconhecida, diz a Polícia.

Fontes: Site Miséria e Caririceara

Post a Comment